Prostatite: sintomas e tratamento

De acordo com o médico especialista em urologia Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, a prostatite se caracteriza por uma inflamação da próstata, uma pequena glândula abaixo da bexiga, onde está localizado o sistema reprodutor masculino que tem a função de produzir parte do líquido espermático.

Comumente, esse quadro de inflamação é causado por bactérias que ficam na flora intestinal. Entretanto, o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que algumas situações predispõem a ocorrência do problema, como por exemplo: o uso de cateteres urinários, pacientes com retenção de urina ou que estejam internados e relações sexuais com penetração anal sem o uso de preservativos.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que os sintomas surgem a partir de febre, mal-estar, calafrios, fraqueza e dores por todo o corpo. As manifestações específicas do trato urinário surgem em seguida com dor e ardência ao urinar, maior frequência e vontade de urinar e, por fim, desconforto na região da bexiga.

Quando inflamada, a próstata incha e causa dificuldade e desconforto para urinar e retenção de urina. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes informa que é de extrema importância consultar com um urologista assim que os primeiros sintomas se apresentarem, pois quando o quadro se agrava, o paciente pode sofrer septicemia, uma infecção generalizada.

Normalmente, o tratamento é feito a partir de antibióticos por cerca de 4 semanas. Quando o paciente já se encontra em um estágio mais avançado, é necessário a internação para que a medicação seja administrada na veia. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes elucida que quanto antes diagnosticado e tratado, melhor é a qualidade de vida do paciente, por isso, mantenha seus exames em dia e consulte regularmente com um urologista.