Dicas de como manter a mecânica de sua moto em dia

Atualmente as motos têm se tornado itens de luxo e status entre os jovens, são temas de músicas e de clipes, afirma Fernando Siqueira Carvalho. Por isso, há uma ascensão no desejo de adquirir uma moto, mas para manter essa extravagância em dia, é preciso ter hábitos de manutenção e cuidado com o seu veículo.

Além de ser um item que causa comoção entre os jovens, as motocicletas são ótimas alternativas para desviar do trânsito nas grandes cidades, por isso, é um muito visado por pessoas que desejam otimizar seu tempo. Com essa grande usabilidade é necessário cuidados para mantê-la em ótimo estado de funcionamento e conservação.

O empresário Fernando Siqueira Carvalho atua no ramo de carros antigos, contudo, sua paixão por motos o fez investir grande parte de seu tempo e dinheiro em motos conceituadas, em especial as motos da marca Harley Davidson, coincidência acerca de modelos antigos, não?

Essas medidas preventivas angariam inúmeros resultados positivos e benefícios para as motos: há, obviamente, refletido o alto desempenho da moto nas ruas, uma maior estabilidade no que tange à condução da motocicleta e, consequentemente, também há uma diminuição nos custos de manutenção.

Para isso é preciso realizar revisões periódicas para a certificação do bom estado de funcionamento, ressalta Fernando Siqueira Carvalho. Contudo, além de levar a moto em uma autorizada para revisões, hábitos de cuidados devem ser mantidos:

Em primeiro lugar, é importante realizar o que é conhecido como manutenção preventiva, dessa forma, prolonga-se o desempenho e minimiza e/ou impede a chance de falhas na motocicleta. Dessa forma, ações como lubrificar a corrente, calibragem dos pneus, a troca de óleo e de filtro, abastecer a moto com combustíveis confiáveis, tudo isso são formas de impedir e barrar erros.

Além disso, por todas as benécias mencionadas, os riscos de possíveis acidentes também diminuem, sendo um fator muito importante para a vida das pessoas e a melhora do trânsito caótico das grandes metrópoles, enfatiza Fernando Siqueira Carvalho.